Principal

Paulistão de Fanfarras e Bandas: Cristais Paulista fatura título na primeira etapa

O final de semana foi de muita emoção e especial para Cristais Paulista. A Banda Marcial Municipal Maestro Rossini foi a grande campeã do grupo A do XVI Paulistão 2019, Campeonato Estadual de Fanfarras e Bandas Maestro Milton Ferreira Fontelas, o Gordo.

 

A competição aconteceu no último sábado e reuniu mais de 20 cidades do Estado.

A Prefeitura de Cristais Paulista montou uma mega-estrutura para receber os participantes e o público, cerca de 1.500 pessoas que lotaram as arquibancadas.

Na principal categoria em disputada noite, a Banda Marcial Municipal Maestro Rossini de Cristais Paulista desbancou outras bandas tradicionais como Prof. Alfeu Luiz Gasparini de Ribeirão Preto e Banda Marcial da Juventude de Sertãozinho. “Ficamos surpresos com o resultado, mas fomos merecedores. Também fomos beneficiados porque a banda maior, a de Sertãozinho, foi penalizada pelo estouro de tempo. Se eles não tivessem estourado, nós teríamos ficado em segundo e o principal, atingiríamos nosso objetivo que era ficar entre os primeiros. Então esse resultado é maravilhoso em todos os aspectos, fizemos no nosso papel em casa, tocamos o melhor possível e conquistamos boas notas. Agora teremos a segunda etapa em Santa Rita do Passa Quatro e vamos continuar trabalhando para o objetivo principal, chegar ao Campeonato Brasileiro”, disse Cristian Clayton Borges, Maestro da Banda Marcial Municipal Maestro Rossini.

Cristais Paulista ainda conquistou o segundo lugar no julgamento da Banda Percussão. Neste quesito, a Banda de Percussão Juventude de Sertãozinho ficou com a primeira posição.

Esta etapa do Paulistão recebeu o nome do Maestro Milton Ferreira Fontelas, o Gordo, representado pela esposa, Meire Aparecida que recebeu uma placa de mérito e um buquê de flores da Prefeita Municipal, Dra. Katiuscia de Paula Leonardo Mendes e uma placa da Federação de Fanfarras e Bandas do Estado de São Paulo.

Confira todas as fotos evento clicando aqui

O XVI Paulistão teve onze categorias e classificação final assim:

 

BANDA MUSICAL         

1. Banda Sinfônica SENAI Ribeirão Preto – Ribeirão Preto

2. Banda Sinfônica de Cajuru Professor "Virgílio Ladislau Arena" – Cajuru – SP

3. Banda Musical EMEF Octávio Mangabeira – São Paulo – SP

4. Associação Cultural OSIAS LINO – Ferraz de Vasconcelos – SP     

5. Banda Municipal “Maestro Aquilino Jarbas de Carvalho – Iguape – SP   

6. Banda Sinfônica Municipal de Serrana – Serrana – SP     

 

BANDA DE PERCUSSÃO

1. Banda de Percussão Juventude de Sertãozinho – Sertãozinho – SP

2. Banda Marcial Municipal Maestro Rossini – Cristais Paulista – SP

3. Banda Sinfônica de Cajuru Professor "Virgílio Ladislau Arena" – Cajuru – SP

 

BANDA MARCIAL – Grupo C

1. Banda Marcial UME Padre Jose de Anchieta – Cubatão – SP

2. Banda Marcial Municipal de Guará – Guará – SP

Baliza

1. Banda Marcial Municipal de Guará – Guará – SP

Corpo Coreográfico

1. Banda Marcial Municipal de Guará – Guará – SP

 

BANDA MARCIAL – Grupo B

1. Banda Marcial Municipal de Bocaina – Bocaina – SP

2. Banda Marcial Interescolar de Ipaussu – Ipaussu – SP     

3. Banda Marcial Municipal Cruzeiro do Sul – Porto Ferreira – SP   

4. Banda Marcial Municipal Morro Agudo – Morro Agudo – SP 

Baliza

1. Banda Marcial Interescolar de Ipaussu – Ipaussu – SP   

2. Banda Marcial Municipal Morro Agudo – Morro Agudo – SP 

Corpo Coreográfico

1. Banda Marcial Interescolar de Ipaussu – Ipaussu – SP

 

BANDA MARCIAL – Grupo A

1. Banda Marcial Municipal Maestro Rossini – Cristais Paulista – SP

2. EMEF Prof. Alfeu Luiz Gasparini – Ribeirão Preto – SP

3. Banda Marcial Municipal de Patrocínio Paulista – Patrocínio Paulista – SP

4. Banda Marcial da Juventude de Sertãozinho – Sertãozinho – SP

 

Baliza

1. Banda Marcial da Juventude de Sertãozinho – Sertãozinho – SP

2. EMEF Prof. Alfeu Luiz Gasparini – Ribeirão Preto – SP

Corpo Coreográfico

1. EMEF Prof. Alfeu Luiz Gasparini – Ribeirão Preto – SP