Principal

Cristais Paulista vacina jovens e adultos contra o Sarampo

A Prefeitura de Cristais Paulista, através da Secretaria de Saúde realiza neste sábado, dia 30, a 2ª etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo. Voltada para jovens de 20 a 29 anos, a campanha faz parte de uma mobilização nacional chamada Dia D contra o Sarampo.

 

Em Cristais Paulista a vacina será aplicada na Clínica Mais Saúde, das 8h às 17h. O público alvo irá receber a vacina de tríplice viral, que protege do vírus do sarampo, caxumba e rubéola.

Segundo Ana Paula Landim, enfermeira responsável pela Clínica Mais Saúde, a faixa etária atendida agora é a de maior incidência nos casos de sarampo registrados no país. “Sabemos que os adultos de 20 até 29 anos devem ter registrados no cartão duas doses da vacina contra o sarampo após a alteração feita pelo Ministério da Saúde ocorrida em 2017. E como isso é recente, muita gente está com apenas uma dose”, disse ela.

Vale lembrar que o surto de sarampo ainda se encontra em atividade no país. Atualmente, 5.660 casos foram confirmados e 19 estados se encontram em transmissão ativa. A maioria dos casos (90,5%) estão concentrados em 176 municípios (27%) do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana. De janeiro deste ano a 26 de outubro, 10.429 casos de sarampo foram confirmados em todo o Brasil. Os dados acumulados são de surtos da região norte do país, iniciado em fevereiro de 2018 e iniciado em São Paulo por um navio, em maio deste ano.

 

Saiba mais:

O que é sarampo?

 

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. 

 

Quais são os sintomas do sarampo?

  • febre acompanhada de tosse;
  • irritação nos olhos;
  • nariz escorrendo ou entupido;
  • mal-estar intenso;

Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.